quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Porque Eloy Alfaro?

Tudo aqui no Equador tem o nome dele. Até quando em uma entrevista eu perguntei a um Equatoriano qual havia sido o fato mais importante do Equador, Eloy Alfaro estava lá, firme e forte.

Ele foi presidente do país por duas vezes, entre 1985 e 1901 e entre 1907 e 1911. Foi assassinado em 1912, provavelmente pelos motivos citados aqui há alguns posts atrás (leia mais em "O temperamento como traço cultural do Equador). Dois de seus atos mais importantes foram a Revolução Liberal Equatoriana, na qual sepraram-se Estado e Igreja; e - o mais comentado - a construção de uma Ferrocarril (linha férrea) entre Guayaquil e Quito, que (segundo o que eu entendi) ajudou muito no desenvolvimento do país.

Porque Eloy Alfaro foi quem conseguiu construir essa ferrocarril? Certamente ele não era a única pessoa que se incomodava com a falta de ligação entre as duas maiores cidades do Equador, e certamente ele não era a única pessoa que tinha em mãos a possibilidade de fazer isso. Porque é que justamente ele foi quem conseguiu realizar esse feito, e porque é que ele tinha diversas pessoas que o apoiavam? Mais questionamentos como este e as respostas estão no vídeo abaixo, muito interessante para quem se interessa por liderança.




Amanhã to indo pra Guayaquil, a maior cidade do Equador (apesar de a capital ser Quito). Vou dar alguns treinamentos para os membros de lá sobre branding e recrutamento. Volto na segunda e escrevo como foi!

Festas de Quito - é o evento mais importante do país, algo como o Carnaval. A Plaza Foch ficou fechada com shows grátis, e todos estavam em Chivas - uma espécie de festa em cima de um caminhão, inclusive eu. Depois das Festas de Quito, sempre temos um feriado na segunda-feira. O que me levou ao...

Parque Carolina - o Central Park de Quito. É realmente muito bonito, e foi bom para conhecer ainda mais da cultura Equatoriana, de como se comportam, de como se divertem, de como passam um feriado em família. E é completamente igual à maneira que a gente faz tudo isso, mesmo que de uma maneira completamente diferente.

Updates do trabalho - já recrutei 3 pessoas para fazer intercâmbios (o que significa 15% de tudo o que foi feito de intercâmbios até agora, acredite, é um bom número). Semana que vem mais duas entrevistas, e espero que a visita em Guayaquil me ajude também. No Brasil acabou minha experiência como membro do time nacional de suporte à comunicação, mas acabo de ser eleito coordenador nacional de Comunicação para Intercâmbios para Estudantes.

Obrigado a quem tem comentado, beijos!

3 comentários:

  1. Muito bom. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Grande Malta!
    Já entrei no seu blog umas vezes e só agora estou postando um comentário...
    Parabéns... Grande abraço, Geraldo

    ResponderExcluir